Mãe Oiá


MÃE OIÁ

“É na eternidade do Tempo e na infinitude de Olorum que todas as evoluções acontecem”

Religiosidade é a vivência equilibrada da fé, em todos os momentos de nossa vida. A Religião é a viga mestra da estrutura que direciona os seres e os congrega em torno de Divindades acolhedoras,amorosas, e irradiadoras das qualidades divinas de Deus Pai Olorum. A Orixá Oiá (Tempo) rege, juntamente com Oxalá, a Linha da Fé, na qual atua como ordenadora do caos religioso, fluindo a religiosidade dos seres, em sua caminhada evolutiva.

O Tempo é a chave do mistério da Fé, regido por nossa amada Mãe Oiá, porque é na eternidade do Tempo e na infinitude de Olorum que todas as evoluções acontecem. Na casa de Olorum, encontramos a luz necessária para nos auxiliar a superarmos os obstáculos, sem fraquejar diante das pertubações.

O ser humano é um ser religioso por natureza e, quando está em perfeita sintonia com a Fé, desperta a consciência de que é um verdadeiro filho de Olorum, e supera todas as barreiras interpostas em seu caminho. Na ausência de uma religião, tende a sentir-se vazio, desmotivado e fragilizado muitas vezes entregando-se ao vício que o deprecia.

Religiosidade significa vivenciar os princípios Divinos que regem a criação. A verdadeira religiosidade é o cultivo da Fé em Olorum, amor em Sua Criação Divina, respeito com as criaturas e um sentimento de fraternidade com os semelhantes, não importando a raça, a cor ou religião.

Religiosidade é um estado de espírito que dá força ao ser para suportar as agruras da vida. È um aperfeiçoamento interno dos pensamentos, sentimentos, condutas pessoais, expectativas, posturas sociais e religiosas. É pratica diária da vida. É servir à Olorum. É estarmos com nosso íntimo ligado a Ele. É seguirmos um caminho de aperfeiçoamento próprio, de vitória sobre nós mesmos.

Mãe Oiá alimenta a alma de seus filhos com sua densa e cósmica irradiação de Fé e nutre-se com as vibrações de religiosidade que eles lhe devolvem. Sempre que estão trilhando um o caminho reto da Fé, ladeados pelo Amor e pela Justiça Divina. Mas ela vira no tempo e atua com rigor cósmico sobre o espírito que desvirtuar sua fé e religiosidade para ocultar seus desequilibrios emocionais , suas ambições e desejos mórbidos, esgotando suas energias.

Ela é por excelência, a Mãe religiosa divina que esgota os conhecimentos que enfraquecem a Fé e a religiosidade dos seres humanos. Também é a Mãe rigorosa que esgota os falsos e degenerados religiosos que transformam as coisas da Fé em artigos mercantilistas.

Salve nossa amada Mãe Oiá! Salve Tempo! Tempo yê



Oiá é a Orixa regente do Tempo e seu campo preferencial de atuação é o religioso. Mãe Oiá, tal com Oxalá, atua pela Fé e está em tudo, em todos os seres e em todos os lugares. Ela é em si mesma a religiosidade dos seres e é ordenadora do caos religioso.

Tempo é a cronologia Divina, é o meio onde tudo se realiza, pois nada fica fora dele. É a espiral sem fim que gira em duplo sentido e um de seus atributos é a Lei do Carma. O giro no sentido horário cria uma ação positiva e ordenadora; o giro anti-horario é o esgotador, divisor, desmagnetizador.

Na Umbanda, Oiá atua religiosamente na vida de seus fieis e sempre gira para a direita, ordenando sua religiosidade. Mãe Oiá e Pai Oxalá dão suporte a todas as manifestações da fé e amparam todos os sacerdotes virtuosos e guiados pelos princípios divinos estimuladores da evolução religiosa dos seres.

Enquanto Pai Oxalá é irradiante, Mãe Oiá é absorvente. Quando ela vira no tempo, seja contra um filho seu direto ou contra um filho indireto (aqueles que tem coroa regida por outros Orixás) sua vida entra em parafusos e só deixará de rodar quando esgotar tudo de desregrado e desvirtuoso que nela existia.

Sacerdotes desvirtuados e pervertidos em sua religiosidade são esgotados e esvaziados em suas energias, no outro lado da vida, e Mãe Oiá é a executora cósmica, com seu polo absorvente. O Tempo é o vazio cósmico onde são retidos todos os espíritos que atentam contra os princípios divinos que sustentam a religiosidade na vida dos seres. Mãe Oiá é o rigor Divino para com os filhos que voltaram as costas para o nosso Amado Pai Olorum.



ORAÇÃO MÃE OIÁ

Amada e Divina Mãe Oiá! Aceite o despertar consciente de nossa religiosidade e de nossa Fé no Divino Criador Olorum e beneficie-nos com vossa positiva e ordenadora , atuando em nossas mentes, ideias, criações e religiosidade.

Livre-nos, ó Mãe de fanatismos e excessos emocionais, ordenando e direcionando positivamente nossa religiosidade, para que jamais desvirtuemos nossa Fé.

Pedimos que nos receba em vosso amor, e nos ampare em todos os sentidos, durante esta nossa jornada evolucionista no plano material, e que nos livre das tentações, cobrindo-nos com vosso véu cristalino da Fé em Olorum conduzindo-nos pelo caminho reto, que leva todos os vossos filhos na direção da Luz do nosso Pai Eterno.

Mãe benevolente, que nos auxilia em nossa caminhadas, para obtermos o nosso progresso, tende piedade dos vossos filhos que estão iludidos e desconhecem a verdadeira Fé. Tende piedade daqueles que se deixam abater em cada provação pela qual, que tem de passar.

Mãe Oiá que vossa Luz ilumine a nossa Umbanda, nos abençoando e nos trazendo Fé, humildade e união para que possamos trabalhar em prol da caridade e assim sermos merecedores do vosso amparo. Nós filhos de Umbanda, pedimos a vós que clareie a nossa Fé, fortalecendo a para que não nos enganemos com falsas verdades.

Pedimos o vosso perdão, Mãe Oiá, se falhamos em nossa missão, deixando o egoísmo e a vaidade tomar conta de nós, esquecendo o nosso próximo e nosso Bondoso Pai Olorum. Traga-nos Mãe Oiá, a vossa benção para termos segurança e coragem para seguirmos sem desistir, quando os momentos se tornarem difíceis. Que possamos continuar nossa luta sem perder a Fé e sermos conduzidos pela vossa luz, que nos levará ao encontro de Olorum.

Apresentamo-nos a vós e solicitamos vosso amparo e vossa guia luminosa para nos conduzir, tanto nos caminhos luminosos, quanto nos caminhos escuros, sempre iluminados por vossa luz cristalina e amparados por nossa Fé no nosso Divino Criador Olorum. Proteja-nos com vossa luz e com vossa força mágica, dando-nos o amparo necessário para cessar as atuações de forças malignas sobre nós.

Alimente nossa alma, Mãe Divina, com vossa energia e irradiação da fé, nutrindo-nos com vibrações de religiosidade, para que trilhemos os caminhos retos do amor,da Justiça Divina e da Fé, para acelerarmos nossa evolução.

Salve Mãe Divina da Fé! Salve amada Mãe Oiá que nos traz o tempo da Fé! “ Olha o Tempo minha Mãe!”